Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » 'CONVERSA COM BIAL'

Luiza Brunet se emociona durante entrevista ao falar sobre João de Deus: "Nunca tive vontade de ir"

Em conversa com Pedro Bial, a modelo falou sobre agressão, assédio e revelou o motivo de não ter conhecido o médium

Máxima Digital Publicado em 24/06/2020, às 09h27

Luiza Brunet fala sobre João de Deus
Luiza Brunet fala sobre João de Deus - Instagram

Luiza Brunet abriu o coração durante uma entrevista virtual para Pedro Bial, no programa ‘Conversa Com Bial’, exibido na madrugada desta quarta-feira, 24, na TV Globo.

No bate-papo, a modelo falou sobre agressão que sofreu do ex e acabou fazendo uma revelação João de Deus, que foi preso e está condenado por 60 anos após praticar crimes sexuais durante as sessões de 'tratamento espiritual' com mulheres.

Luiza, que desde a sua infância sofre de uma doença de pele, o vitiligo, teve a indicação de colegas para que tratasse a codição com o médium, porém, ela revelou que nunca teve vontade de ir à Abadiânia e muito menos, de conhecer João de Deus:

“Eu tenho vitiligo, que é uma doença de pele que começou quando eu era menina. Inclusive, acho que essa doença apareceu por conta das violências que eu assisti, porque a minha imunidade é baixa e tudo isso reflete em algum lugar no corpo. Então, alguém me sugeriu de ir lá [se tratar com João de Deus] e acabei não indo”.

“Eu nunca tive interesse em ir lá, apesar de ter sido convidada algumas vezes. Hoje em dia eu falo ‘Graças a Deus’ por não ter ido”, disse ela, que revelou conhecer alguém que foi abusado pelo médium: “Logo depois que apareceram as denúncias, uma amiga minha foi procurá-lo justamente para buscar conforto e ele também a machucou”.

A mãe de Yasmin Brunet ainda se emocionou ao assistir um trecho do documentário 'Em nome de Deus', do Globoplay, que conta como os crimes de João foram descobertos pela equipe de produção do 'Conversa com Bial'.

Nas imagens acompanhadas por Luiza, sete mulheres que foram abusadas pelo médium se encontraram e contaram suas experiências horripilantes com o criminoso. 

“Realmente esse cara foi longe demais”, disse ela, que se mostrou revoltada ao ouvir um depoimento de uma das vítimas.

João de Deus cumpre sua pena em prisão domiciliar por conta da pandemia do COVID-19, o novo coronavírus, visto que, ele faz parte do grupo de risco, já que tem 78 anos de idade e é portador de doenças preexistentes.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Hoje entrevista com meu querido e lindo amigo @conversacombial @redeglobo HOJE. 🌹🌹

Uma publicação compartilhada por Luiza Brunet 🧿 (@luizabrunetoficial) em

 

 

 

 

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI