Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » TRAGÉDIA

Cantor mirim é morto à facadas pelo melhor amigo em São Paulo; ambos eram evangélicos

Kalil Taha foi uma das estrelas do 'Talentos Brilhantes', programa de Moacyr Franco no SBT

Máxima Digital Publicado em 18/06/2019, às 16h23 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Khalil Taha
Khalil Taha - Reprodução/Instagram

Kalil Taha, de 26 anos, que foi uma das estrelas mirins do extinto programa 'Talentos Brilhantes', comandado por Moacyr Franco no SBT, foi morto com 20 facadas dadas pelo melhor amigo, de 31 anos, no bairro do Tucuruvi, na zona norte de São Paulo.

A informação foi publicada pelo jornal 'Agora S. Paulo'.

O crime aconteceu no dia 30 de maio veio à tona após a entrevista com a mãe do cantor, Cláudia, ao programa 'Balanço Geral', na Record TV.

A conversa foi exibida nesta terça-feira, 18.

"É muito triste ter que enterrar um filho. Ele foi levado de uma forma cruel, sanguinária. Não quero que a imagem do meu filho seja manchada", afirmou Claudia, alegando que o ator e seu assassino eram muito amigos e frequentavam o mesmo grupo de jovens na igreja.

De acordo com o 73º DP, o crime foi premeditado pelo assassino, pois Kalil e ele haviam combinado um encontro.

Uma das linhas de investigação leva a crer que o rapaz sabia de algo comprometedor sobre o criminoso.

Segundo informações da polícia, o jovem foi esfaqueado pelo melhor amigo dentro de seu próprio automóvel.

O assassino colocou o corpo do ex-artista dentro do porta-malas do carro e, ao acabar a gasolina do veículo, o acusado foi até a delegacia e se entregou.

Em seguida, ele contou onde havia deixado o carro. 

Além do programa de Moacyr Franco, Kalil trabalhou ao lado de Faustão, Xuxa, Eliana, Celso Portiolli e Raul Gil.

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI