6 dicas para driblar a ansiedade e o desânimo

Vamos começar a semana com o pé direito? Confira a seguir práticas para adotar e favorecer seu bem-estar e produtividade

Máxima Digital

Confira sugestões de atitudes que ajudam a manter as emoções sob controle | <i>Crédito: Shutterstock
Confira sugestões de atitudes que ajudam a manter as emoções sob controle | Crédito: Shutterstock

1. Estabeleça metas realistas
Propor-se a fazer um montão de coisas e, no final, não dar conta é muito frustrante. “Essa sensação mina o foco e a motivação para realizar as tarefas, gerando ainda mais stress e irritabilidade”, explica a terapeuta Inês Marcel (SP), especialista em hipnose clínica e reprogramação mental.  Por isso, cuide para que os prazos estipulados sejam realmente alcançáveis e atente-se ao bom aproveitamento do seu tempo — assim, os compromissos não se acumulam.

2. Faça um lanchinho com pasta de cacau e oleaginosas
O cacau possui triptofano, substância precursora da serotonina, que confere sensação de relaxamento e prazer. Já as oleaginosas — castanha-do-pará, nozes, amêndoas e avelãs — são ricas em zinco. Vários estudos mostram baixas doses do mineral em pessoas estressadas.

3. Pratique o autorelaxamento
Separe alguns minutinhos para a meditação. “Sente-se numa posição confortável, feche os olhos e respire profundamente. Você pode estar ouvindo uma música calma ou em completo silêncio. Observe os pensamentos que vêm à sua mente e não se atenha a eles, deixe-os passar, sem fazer julgamentos”, orienta Inês. Uma boa tática é imaginar um rio ou uma nuvem à sua frente e deixar que o fluxo de água ou a brisa levem consigo cada umas das preocupações que surgirem. Comece com cinco minutos de prática e vá aumentando, gradativamente, até chegar a 20 minutos diários. O exercício clareia a mente e faz você se sentir mais leve.

4. Tome um banho caprichado
Permita-se, um dia na semana, dar aquela esticadinha embaixo do chuveiro. Pingue algumas gotas de óleo essencial de eucalipto numa bucha vegetal e massageie-a em todo o corpo. O aroma melhora a respiração, o que favorece o funcionamento do organismo e estimula o otimismo. Depois, com a ponta dos dedos, faça movimentos circulares nas áreas de tensão – elas costumam se concentrar nos ombros, no pescoço e na nuca. Você sairá do box revigorada!

5. Tire uma soneca à tarde
Mas atenção: para o sono ser benéfico ele tem que ser breve, apenas um cochilo! Meia hora é suficiente para dar uma boa aplacada na tensão sem comprometer o descanso noturno. No entanto, se você já tem um histórico de insônia, é melhor evitar. Nesse caso, ouça quinze minutos de música clássica ou new age, que possuem um ritmo parecido com o que as ondas cerebrais prozudem durante a soneca e, por isso, agem como poderosos relaxantes mentais.

6. Visite uma galeria de arte
A sugestão tem base científica. Um estudo da International University of Language and Media, de Milão, na Itália, revelou que passar alguns minutos contemplando pinturas ou esculturas pode reduzir drasticamente a tensão. Os pesquisadores checaram os níveis do hormônio cortisol (ligado ao stress) antes e depois dos voluntários explorarem um espaço cheio de obras de arte. O resultado? A presença da substância no organismo despencou em 60% após o tour e os participantes relataram estar mais calmos e felizes. É que a mente foca nos detalhes sensoriais do momento presente e cultiva um senso de admiração, o que espanta os aborrecimentos.

 

13/03/2018 - 11:00

Conecte-se

Revista Máxima