Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Eita

Alok se defende das acusações de que teria usado projeto social para benefícios fiscais: ''Não existe essa história''

O DJ rebateu boatos de que teria desconto no IR ao doar R$ 27 milhões para causas sociais

Máxima Digital Publicado em 16/12/2020, às 19h53

Alok se defende das acusações de que teria usado projeto social para benefícios fiscais
Alok se defende das acusações de que teria usado projeto social para benefícios fiscais - Reprodução/ Instagram

Nos últimos dias,Alok mostrou que tem olhado com outros olhos em se empenhado em causas sociais e, como resultado, criou o seu próprio projeto social, o Instituto Alok.

Apesar da atitude do DJ ser vista com bons olhos por uns, teve quem fosse mais cético e acreditasse que ele estaria tirando algum proveito da iniciativa.

O marido de Romana Novais se irritou com boatos de que ganharia algum tipo de benefício fiscal, como desconto no Imposto de Renda, ao doar R$ 27 milhões para o projeto. Nesta quarta-feira, 16, ele foi até os Stories do Instagram e rebateu tais insinuações e reiterou seu comprometimento social:

"Não existe essa história de isenção de impostos. Qual a dificuldade de algumas pessoas simplesmente entenderem que eu abri mão do meu lucro para fazer investimentos sociais? Cada centavo arrecadado e investido será de acesso a todos.", disse.

"Muitos de vocês que me acompanham sabem que eu atuo em vários projetos sociais, não só no Brasil como fora. Acho importante trazer visibilidade a esses projetos e outras pessoas acabarem aderindo e acolhendo, mas vocês nunca ficam sabendo quando estou doando e o que estou fazendo, e não é para saber mesmo. Eu ia só lançar o instituto esta semana, mas como é de acesso a todos, acabou vazando o valor, pra vocês poderem acompanhar cada centavo investido e arrecadado", acrescentou.

"Abri mão do meu lucro para combater um pouco da desigualdade, trazer um pouco mais de inclusão e dignidade... mas eu entendo. Há dez anos, também pensava assim: 'Pra quê fazer filantropia? Vai viajar para Paris'. Mas acontece que isso faz parte, para mim, de um propósito de vida. É o que me curou de depressão e o que não me faz mais voltar para esse lugar. Hoje eu me sinto completo",  finalizou.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI