Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » EUA

Após acusação de tráfico de mulheres, Allison Mack quer julgamento separado do líder da seita NXIVM

Atriz diz não ter vínculo com Keith Raniere; Advogados alegam que eles não se conheciam quando os crimes sexuais aconteceram

Máxima Digital Publicado em 25/03/2019, às 13h37 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Allison Mack
Allison Mack - Reprodução/Getty Images

Allison Mackteve que pagar uma fiança de R$ 17 milhões à polícia americana para que ficasse em prisão domiciliar desde que foi acusada por tráfico sexual, em abril de 2018

A atriz encontra-se na casa de seus pais, na Califórnia e é monitorada por uma tornozeleira eletrônica.

Keith Ranieretambém foi condenado. Raniere era o líder da seita NXIVM e segundo documentos obtidos pelo site Radar Online, a alemã quer que seu julgamento seja separado do palestrante.

Os advogados de Allison garantem que ela e Keith não se conheciam quando os crimes sexuais aconteceram. A seita também foi acusada de posse de pornografia infantil e exploração sexual de crianças e que essas novas acusações "são injustamente prejudiciais se apresentadas no julgamento".

A defesa da intérprete de Smallville também alega que o julgamento conjunto dos acusados influenciaria os jurados a terem uma impressão errada sobre ela, gerando-os sentimentos de raiva e nojo da loira.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI