Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos / Cuidados

Aprenda a cuidar das suas madeixas; Rodrigo Cintra ensina

Para investir nos produtos certos, leve em consideração a textura e as necessidades

RODRIGO CINTRA Publicado em 05/08/2022, às 12h00

Aprenda a cuidar das suas madeixas; Rodrigo Cintra ensina - Instagram
Aprenda a cuidar das suas madeixas; Rodrigo Cintra ensina - Instagram

Você sabe dizer qual é o seu tipo de cabelo? Você usa produtos específicos para atender as necessidades dele? Essa parece uma tarefa bem simples, mas é desse jeito que muita gente danifica as madeixas.

Lisas, onduladas, crespas e cacheadas. Acredite, cada categoria possui, em média, três variações de textura. E precisa somar a isso os hábitos, que fazem total diferença, na hora dos cuidados: se tem química, se usa secador, babyliss… Confira as dicas que separei para você. 

Lisos

Como o próprio nome diz, ele tem uma estrutura lisa/reta e é dividido em 1A, que é fino, extremamente alinhado e pouco volumoso; 2A, com espessura média, é mais encorpado e tem mais movimento, como o da atriz Gloria Pires; e o 3A, pesado, grosso e volumoso.

Tendem a ser mais oleosos, pois o óleo produzido na raiz consegue percorrer os fios com mais facilidade. Evite usar água muito quente para lavá-los e não aplique produtos (condicionador e máscara) na raiz, pois são hábitos que pioram o quadro. 

Agora, tanta oleosidade não significa que ele não precisa de hidratação. Pelo contrário. Invista em uma linha enriquecida com aminoácidos e óleos essenciais, que manterão o comprimento hidratado e facilitarão o desembaraço. 

Usa chapinha e secador para deixá-los mais alinhados? Coloque um CC Cream com proteção térmica na necesáire. 

As adeptas ao alisamento certamente sofrem ou já sofreram com o ressecamento das madeixas. Isso acontece devido à adição de formol nos produtos. Ele cria uma barreira impermeabilizadora, dificultando a entrada de nutrientes. Nesse caso é indispensável investir em um cronograma de tratamento rico em óleos nutritivos e elastina, para melhorar a flexibilidade e a resistência do fio. E mais: reserve um tempinho na agenda para fazer um tratamento no salão, converse com o seu cabeleireiro para encontrar a melhor opção. Além disso, dê preferência a alisamentos à base do cogumelo trametes versicolor, que alinha a fibra sem danificá-la.

++ 10 erros que acabam com os seus cabelos

Ondulado

Há quem acredite que tem o cabelo liso e rebelde, e quem acredite que se trata de um cacheado sem definição. Mas a verdade é que ele é um meio termo, tem a raiz lisa e as pontas onduladas/cacheadas. Os tipos dessa textura variam entre o 2A, com uma leve ondulação, que se parece com a letra “S”; o 2B, que conta com mais definição, como os da atriz Isis Valverde; e o 2C, que é mais grosso, volumoso e suas curvas são bastante nítidas, muito parecidas com cachos.

Para manter a estrutura hidratada, invista em fórmulas que contenham extrato de quinoa e óleos essenciais, como a mirra e o cálamo. Os cremes ativadores de cachos também podem ajudar a dar um up. Vale lembrar que para diminuir o frizz, eles não devem ser penteados secos. Antes de dormir, coloque uma touca ou fronha de cetim/seda.

Se usa secador ou babyliss, é sempre bom ter um protetor térmico. 

Cacheados

++ Rodrigo Cintra ensina como cuidar dos cabelos ondulados

Eles possuem formas de em espirais, são volumosos e tendem a ser mais secos no comprimento e pontas, devido à falta de nutrição natural, pois a oleosidade da raiz tem dificuldade de percorrer o comprimento e pontas. Eles são divididos entre o 3A, que possui a raiz ondulada e curvas espaçadas, devido aos fios grossos e pesados, como os da atriz Juliana Paes; o 3B, que é mais leve e definido; e o 3C, que tem as curvaturas bem fechadas, semelhantes a uma mola - por isso, têm o maior fator de encolhimento. 

Se esse é o seu tipo de cabelo, reforce a hidratação. Aposte em uma linha rica em elastina, óleo de coco e ômegas 6, 7 e 9. E mais, para dar aquela caprichada na finalização, use um CC Cream e amasse os fios com um tecido de algodão ou um papel toalha - ele absorve a água e mantém o produto. 

Antes do difusor, aplique um creme com proteção térmica. Spray de brilho no comprimento e óleo de reparação nas pontas completam a finalização. 

Crespos

Com a estrutura composta por mini espirais bem fechadinhas, os cabelos crespos também tendem a ser bastante ressecados pelo mesmo motivo dos cacheados, falta de nutrição natural. Além disso, essa categoria tem a fibra mais delicada, leve e com fator de encolhimento altíssimo. Eles são divididos entre o 4A, os fios são enrolados desde a raiz e são mais definidos e pesados; o 4B, que tem volume e definição moderada em relação aos demais; e o 4C que é mais denso, frágil e fino, como os da cantora Iza.

Aqui é proibido pentear as madeixas secas, pois elas perdem essa característica e também podem quebrar. Linhas ricas em óleos são as melhores aliadas desse tipo de cabelo. Além disso, faça uma umectação semanal com um óleo de argan ou macadâmia para dar um up na hidratação. 

++ Alô, cancerianas: Rodrigo Cintra dá dicas para quem quer dar um up no visual

Nesse vídeo ensino como fazer uma hidratação poderosa em casa:


O hairsylist Rodrigo Cintra é colunista da Máxima e todas as sextas-feiras temos conteúdo novo do profissional número 1 no mercado de beleza brasileiro, com dicas de penteados, corte, coloração e muito mais!

Instagram: @RodrigoCintra

Twitter: @RodrigoCintra_

Youtube: Rodrigo Cintra

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!