Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Na TV » Big Brother Brasil

Pyong Lee se defende de acusação de assédio no BBB20: "Quem nunca bebeu e fez uma besteira?

Em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, o hipnólogo contou detalhes de sua participação dentro do BBB20

Máxima Digital Publicado em 07/04/2020, às 17h52

Em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, o hipnólogo contou detalhes de sua participação dentro do BBB20
Em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, o hipnólogo contou detalhes de sua participação dentro do BBB20 - Globo

Pyong Lee, ex-participante do Big Brother Brasil, disse estar "tranquilo" em relação ao depoimento que terá de prestar à polícia, em razão das denúncias de assédio às sistersMarcela e Flayslane dentro do programa.

Em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, do jornal "O Globo", o hipnólogo falou ainda sobre como conversou sobre a situação com sua esposa, Sammy Lee."Óbvio que ela ficou chateada, magoada. Ela tinha toda razão para isso, porém eu cheguei de coração aberto para ouvir tudo o que ela tinha para falar. Cheguei querendo ouvi-la para entender como ela sentiu, o que aconteceu. E pedi perdão, disposto a me esforçar para mudar e melhorar", falou.

Vale lembrar que em uma das festas, ele tentou beijar Marcela Mc Gowan e Bianca Andrade e passou a mão no corpo de Flayslane. A produção o chamou ao confessionário e o repreendeu pelas atitudes.

Pyong reconheceu que errou na casa, mas minimizou seus atos, já que continuou amigo das mulheres envolvidas. Depois, ele contou que não se lembra direito do episódio: "Eu já pedi desculpa e peço novamente a quem se sentiu ofendido e a quem se chateou de alguma forma. Mas lá dentro mesmo eu fui atrás das pessoas. Elas mesmas disseram que não era nada e acabaram se desculpando. Então, não sei". 

E completou dizendo que acha que ser acusado de assediador é forte. ""Acho um pouco forte as pessoas acusarem e falarem que foi assédio, sendo que as que foram envolvidas continuaram minhas amigas, falaram que não foi nada demais. Pedi desculpas mesmo elas tendo falado que não foi nada, mas eu não repeti o erro. Acho que o importante é reconhecer o erro, se arrepender", desabafou. 

Em seguida, explicou sobre a situação de sua defesa: "Em relação à questão na Justiça, eu já tinha um advogado anterior e vamos ao Rio assim que eles solicitarem. Realmente atrasou por causa do coronavírus. E a gente vai comparecer para que eu fale tudo o que precisar. Estou tranquilo em relação a isso"

Durante a entrevista, ele avaliou sua participação no BBB20 como positiva: "Tive alguns contratempos dentro do programa, porém acho que o saldo foi positivo e deu para reverter lá dentro mesmo", afirmou.