Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Saúde e Bem Estar » Coronavírus

Coronavírus: Médica que cuidou do primeiro caso fatal no Brasil desabafa e faz apelo: "Fiquem em casa"

Carla Guerra mandou recado para brasileiros após cuidar do primeiro paciente morto no país

Máxima Digital Publicado em 17/03/2020, às 19h34

A infectologista orientou pessoas a se isolarem neste período
A infectologista orientou pessoas a se isolarem neste período - Getty Images

As autoridades brasileiras confirmaram na tarde desta terça-feira, 17, a primeira vítima fatal do novo coronavírus no Brasil. 

O paciente de 62 anos pertencia ao grupo de risco por conta da hipertensão e diabetes e ficou menos de uma semana em no Hospital Sancta Maggiore, no bairro do Paraíso na capital paulista, até falecer em decorrência de complicações causados pelo vírus. 

A infectologista Carla Guerra cuidou do caso do idoso e desabafou sobre a fatalidade durante entrevista à BBC: "É preciso reforçar as medidas de proteção pessoal neste momento. Se todo mundo ficar doente ao mesmo tempo, não teremos serviço de saúde para atender a demanda". 

A médica ainda orientou para que pessoas se isolem: "A única forma de se prevenir dessa epidemia é que todo mundo fique em casa. É importante permanecer em casa, sem nenhum encontro social".

O homem morto não possuía histórico de viagens recentes e sentiu os sintomas no último dia 10.