Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos »

Dia difícil! Desolada, Ana Hickmann pede orações para cunhado, Gustavo Correa: ''Já choramos muito''

Ana Hickmann usou sua influência na internet para conseguir orações para o cunhado, que enfrenta momento difícil

Máxima Digital Publicado em 10/09/2019, às 13h54 - Atualizado às 14h04

Ana Hickmann
Ana Hickmann - Reprodução/ Instagram

Ana Hickmann está enfrentando um período difícil!

Já tem três anos que a apresentadora quase perdeu a vida por conta de um homem que invadiu seu quarto em um hotel e, consequentemente, três anos que seu cunhado matou, com alguns tiros na nuca, a pessoa que quase a assassinou.

O julgamento de Gustavo Correa está previsto para esta terça-feira, 10, e por isso, a loira pediu muitas orações pelas redes sociais.

"Hoje estou aqui para pedir para todos rezarem pela minha família, rezarem pelo Gustavo. Mais uma vez enfrentamos a justiça. Precisamos de força. A fé é o que nos acalma e da força. Mais uma vez temos que reviver a dor e a tortura que passamos naquele quarto de hotel, este pesadelo parece que não tem fim. Já choramos muito. O sofrimento não tem fim. O Gustavo foi um herói , nos salvou", escreveu ela.

E não parou por aí! "Foi Deus quem deu coragem a Gustavo para enfrentar aquele psicopata armado, que atirou contra a minha cabeça, que acabou acertando Giovana , ele que estava pronto para tirar a vida de todos que estavam naquele quarto. O Gustavo já foi julgado e a Juíza de Minas Gerais absolveu meu irmão, legítima defesa. E agora ele está de volta para se defender .O Tribunal de Justiça de Minas Gerais irá julgar o recurso da Juíza que absolveu Gustavo. Não somos diferentes de ninguém. Respondemos a justiça igual a todo mundo. Mas não é possível que alguém que livrou a família de ser morta , ainda tenha que passar por isso. Todos devemos ter o direito de defender a própria vida e daqueles que amamos. Deus ilumine o Gustavo e o nosso advogado Dr Fernando José da Costa", completou ela, emocionada.

Ana Hickmann usou as redes sociais nesta segunda-feira, 9, para fazer um desabafo sobre o julgamento de seu cunhado, Gustavo Correa, que matou um rapaz, após fazer a apresentadora de refém. 

No caso, que aconteceu em maio de 2016, Giovanna Oliveira, ex-mulher de Gustavo acabou sendo baleada pelo criminoso, Rodrigo Augusto de Pádua. 

No Instagram, a loira explicou que o julgamento vai acontecer na próxima terça-feira, 09.

‘’O Tribunal de Justiça de Minas Gerais amanhã à tarde vai julgar o recurso feito pelo Ministério Público contra a decisão da juíza que absolveu meu irmão e cunhado Gustavo Correa de uma injusta e absurda acusação de homicídio.Confiamos na justiça e amanhã, se Deus quiser, os desembargadores manterão a sentença absolutória, que entendeu que meu cunhado agiu em legítima defesa. Ele foi o Herói da história, salvou a minha vida e da Giovana’’, disse ela ao citar o cunhado. 

Continuando, a apresentadora desabafa sobre o ocorrido e afirma que a justiça será feita. ‘’Estamos desde 21/5/2016 vivendo um pesadelo sem fim com tudo isto, convivendo diariamente com traumas, dores, cicatrizes e fantasmas e o sofrimento do meu cunhado por ainda estar sendo acusado de homicídio, mas amanhã isto tudo vai acabar!!! Se Deus quiser , eu tenho fé. Queremos seguir em frente. Queremos por um ponto nesta página , porque apagar é impossível’’,  escreveu ela.

ENTENDA 

O cunhado de Ana Hickmann será julgado pela acusação de homicídio doloso de Rodrigo Augusto Pádua, morto em 2016 com três tiros na nuca, após o criminoso invadir o hotel em que se encontravam. 

O rapaz então fez Hickmann, Gustavo e sua ex-esposa de reféns. Após atirar em Giovanna, o cunhado da modelo tomou a arma e o baleou, levando-o a óbito na hora.  

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI