Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Comportamento » Aceitação!

Gaby Amarantos desabafa sobre pressão estética e afirma: ''Precisamos diversificar''

Em entrevista, Gaby Amarantos fala sobre autoestima e empoderamento

Máxima Digital Publicado em 29/11/2019, às 14h21

Gaby Amarantos desabafa sobre padrões de beleza
Gaby Amarantos desabafa sobre padrões de beleza - Instagram

Quando o assunto é empoderamento e aceitação, Gaby Amarantos não deixa de falar o que pensa! A cantora não costuma aceitar rótulos sobre sua aparência e, nas redes sociais ela prega sempre o amor-próprio.  

Bem resolvida com seu corpo, ela abriu seu coração ao Gshow e confessou que, como qualquer ser humano, ela também tem suas inseguranças, mas busca sempre virar o jogo reafirmando o orgulho de suas origens e encorajando todas as mulheres a se amarem do jeitinho que são. 

"Não sou totalmente bem resolvida com meu corpo, ainda olho para ele e penso que poderia mudar uma coisa ou outra, é um processo natural do ser humano. Nos momentos que não estou me achando gostosa e maravilhosa, dou uma respirada, medito e entendo que a beleza tem sua vasta diversidade", declarou a artista. 

A famosa ainda contou que, quando era mais nova, tinha muitos problemas em relação a sua aparência, por ser fora do padrão. 

"(...) Sempre fui uma mulher fora do padrão e a pressão estética sempre foi uma parada muito difícil para mim. (...) Posto nas minhas redes falando nesse assunto porque para mim, é autoafirmação e receber o carinho das pessoas, me ajuda no meu processo de cura."

Atualmente, a musa trabalha a aceitação, a autoestima e se ama do jeito que é, porém, não foi sempre assim. A gata revelou que já fez diversas dietas malucas para tenta entrar no padrão. 

"Fiz muita loucura por conta da ditadura da magreza e tenho propriedade para falar. Gosto de usar cinta, que ajuda na minha postura, me sinto mais poderosa, segura. As loucuras que já fiz foi por conta da pressão de ser magra. Fiz alisamentos no cabelo também. Não sou mais escrava dessas paradas. Ter vaidade faz eu me sentir poderosa". 

Por fim, a apresentadora mandou um recado para a sociedade: "Precisamos ressignificar o que é beleza. Está muito preso a estética e a um tipo de beleza. Precisamos diversificar."