Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Testeira
Colunas / Roseli Siqueira / Temperatura da água

Afinal, na hora de higienizar a pele, a temperatura da água faz diferença? Roseli Siqueira esclarece tudo

A esteticista elaborou um guia com as vantagens e desvantagens do uso de cada temperatura, além de ensinar a forma correta de fazer a limpeza diária

Roseli Siqueira Publicado em 08/03/2023, às 12h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Afinal, na hora de higienizar a pele, a temperatura da água faz diferença? Roseli Siqueira esclarece tudo - Freepik
Afinal, na hora de higienizar a pele, a temperatura da água faz diferença? Roseli Siqueira esclarece tudo - Freepik

Você já se questionou porque sempre dizem que a água quente é prejudicial à pele? A resposta é clara, as altas temperaturas removem toda a proteção natural, que é formada por óleos, resultando em uma superfície seca, sem viço e sem brilho. Nesse sentido, talvez você tenha deduzido que usar a água fria seria a solução, certo? Errado. Por isso, no texto de hoje, esclareço alguns pontos importantes sobre o assunto, para que você não erre mais na hora da higienização; vem ver.

++ 5 dicas de Roseli Siqueira para manter a pele do colo e do pescoço firme e radiante

Água fria ou quente?

Como dito anteriormente, a água quente é muito agressiva à pele, pois remove a nossa proteção natural. Esse hábito, além de deixar a superfície com um aspecto seco e sem vida, ainda facilita o desenvolvimento de doenças e alergias. No entanto, a água fria não é capaz de limpar a pele por completo, pois ela não consegue diluir a gordura, fazendo com que a pele não fique totalmente limpa. Sem contar que o geladinho na pele, ajuda a fechar os poros. Por um lado é bom, pois ninguém gosta de poros visíveis, mas por outro, a sujeira pode ficar “presa” nos poros e se tornar uma espinha, devido a obstrução deste canal.

Então, qual é a melhor solução?

O ideal é utilizar água morna, pois ela consegue realizar a limpeza adequadamente, sem causar danos e desconfortos.

E como deve ser feita a limpeza da pele?

Pela manhã, a higienização pode ser realizada apenas com a água morna, seguida da àgua fria, pois assim você conseguirá dilatar os poros para remover toda a sujeira e depois fechá-los, para evitar que microrganismos possam penetrar a superfície. Lembre-se de aplicar o seu hidratante. Já no período da noite, a limpeza deve ser com água morna e sabonete neutro. Passe a água fria e depois o seu hidratante (ou óleo 100% natural).

Roseli, a minha pele é oleosa, então posso lavar mais vezes ao dia?

Não. Diferente do que se pensa, a oleosidade não é resultado da falta de higiene, e sim um reflexo de um desequilíbrio na produção de sebo, seja por causa de uma alimentação gordurosa, genética e até por falta de hidratação. Sendo assim, quem sofre com essa condição deve rever os produtos utilizados, dando preferência a opções mais neutras. Vale usar um lenço de papel para remover a oleosidade durante o dia. Uma vez na semana pode fazer uma esfoliação com fubá e hortelã. Nesse link eu ensino o passo a passo:

++ Roseli Siqueira lista 5 alimentos que você pode usar no seu skincare 

Nesse link trago mais dicas de como cuidar da pele oleosa no dia a dia:

++ Pele de ressaca? Roseli Siqueira ensina como lidar com os efeitos pós-Carnaval


Roseli Siqueira é esteticista e cosmetóloga, trabalha há mais de 40 anos com produtos e tratamentos naturais. Tem entre suas clientes, as atrizes Zezé Polessa, Guilhermina Guinle, as cantoras Fafá de Belém e Luciana Mello, as modelos Raica e Izabel Goulart, e as apresentadoras Isabella Fiorentino e Xuxa.

A especialista, que é colunista da Máxima Digital, todas as quartas-feiras compartilha com as nossas leitoras dicas especiais sobre cuidado com a pele e envelhecimento saudável.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!