Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Testeira
Colunas / Roseli Siqueira / Probióticos e prebióticos

Probióticos x Prebióticos: Como usá-los na pele

A esteticista Roseli Siqueira esclarece as principais dúvidas sobre estes ativos

Máxima Digital Publicado em 22/03/2023, às 12h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Probióticos x Prebióticos: como usá-los na pele - Freepik
Probióticos x Prebióticos: como usá-los na pele - Freepik

Certamente, você já ouviu falar a respeito dos benefícios dos probióticos e prebióticos para a saúde, certo? Mas, você sabia que além de auxiliarem o bom funcionamento do organismo, eles também fazem bem para a pele? Não estamos falando em nada relacionado à alimentação, mas eles foram transformados em ativos que são aplicados na pele. Esclareço tudo o que você precisa saber sobre este assunto; confira a seguir.

++ Afinal, na hora de higienizar a pele, a temperatura da água faz diferença? Roseli Siqueira esclarece tudo

Afinal, qual é a diferença entre probióticos e prebióticos? 

O primeiro trata de microrganismos vivos, já o segundo é definido como uma espécie de carboidrato, principalmente fibras, que não são digeríveis e que estimulam o crescimento e/ou a atividade das bactérias, e por este motivo eles trabalham tão bem juntos.

Como funciona na pele

A função de ambos é melhorar a microbiota da pele, ou seja, eles mantêm o PH da derme equilibrado, fortalecendo e protegendo a nossa barreira cutânea, reduzindo danos, como a desidratação, irritação e a proliferação de microrganismos ruins. Além disso, esses componentes podem/devem ser usados em todos os tipos de pele, inclusive para quem sofre com acne, uma vez que as boas bactérias também são responsáveis por ajudar a combater este problema. 

Onde encontrar?

Eles podem ser extraídos de diferentes fontes, como, por exemplo, do coco e da abóbora, e também podem ser encontrados em mais de um tipo de textura, ou seja, em loções, óleos, séruns e cremes. A minha indicação é buscar por fórmulas mais líquidas, que tenham fácil absorção e que não deixem a pele oleosa. Além disso, os demais componentes dos produtos também fazem a diferença, então procure por combinações ricas em vitaminas A, C, E, aminoácidos e antioxidantes. 

E como eles devem ser utilizados?

Como a sua função principal é proteger e nutrir a pele, é interessante utilizá-los antes de aplicar os cremes e outros produtos que façam parte da sua rotina de skincare. O ideal é lavar o rosto com água morna/fria, aplicar um sabonete líquido neutro e só então passar o produto. Importante: espere alguns segundos para absorção. Nesse tempo, os ativos vão ajudar a despertar as células, ativar o metabolismo e abrir caminho para as demais etapas da sua rotina. Vale lembrar que o produto pode sim ser reaplicado durante o dia, principalmente aqueles em versões em spray. 

Nesse link ensino o passo a passo de como utilizar os probióticos e prebióticos e conto mais alguns benefícios do uso desses dois ativos:

++ Cotovelos ressecados? Roseli Siqueira dá 5 dicas de como cuidar


Roseli Siqueira é esteticista e cosmetóloga, trabalha há mais de 40 anos com produtos e tratamentos naturais. Tem entre suas clientes, as atrizes Zezé Polessa, Guilhermina Guinle, as cantoras Fafá de Belém e Luciana Mello, as modelos Raica e Izabel Goulart, e as apresentadoras Isabella Fiorentino e Xuxa.

A especialista, que é colunista da Máxima Digital, todas as quartas-feiras compartilha com as nossas leitoras dicas especiais sobre cuidado com a pele e envelhecimento saudável.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!