Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Dieta e Saúde » VIDA FITNESS

Fisiculturista e rainha de bateria, Renata Spallicci abre o jogo e conta como perdeu 6kg durante a quarentena

A musa fitness detalhou como mandou alguns quilinhos embora e afirma que a diminuição dos treinos a ajudou

Máxima Digital Publicado em 13/06/2020, às 09h28

Renata Spallicci revela como perdeu 6 quilos na quarentena
Renata Spallicci revela como perdeu 6 quilos na quarentena - Instagram

Todos sabemos o quanto está sendo difícil controlar o desejo de comer aquele chocolatinho ou aquele doce maravilhoso após o almoço de domingo durante a quarentena.

Milhões de brasileiros estão em isolamento social, sem poder sair de casa, por conta da pandemia do COVID-19, o novo coronavírus. Por isso, a cada dia que passa, vemos mais e mais pessoas (principalmente mulheres) promovendo desabafos por 'não ter o que fazer' em casa e acabar descontando na comida.

Pois bem, nós da Máxima Digital, conversamos com ninguém mais, ninguém menos que Renata Spallicci. Ela, que é fisiculturista e rainha de bateria, revelou que perdeu 6 kg durante o 'confinamento' e contou alguns detalhes de como conseguiu chegar a este resultado.

"Eu já vinha querendo mudar um pouco meu perfil físico, com menos volume e mais magrinha. Mas eu sou uma draga, e tinha dificuldade em reduzir a ingestão alimentar, acostumada com as dietas focadas no fisiculturismo. Na quarentena mudei minha rotina, diminui um pouco a intensidade dos treinos e meu apetite diminuiu também o que ajudou bastante”, disse Spallicci.

A musa também abriu o coração ao contar que, o que a motivou a engrenar 100% no mundo fitness, foi uma separação um tanto quanto difícil - não é à toa que existe aquele ditado 'quando uma porta se fecha, mil janelas se abrem' - e realmente, as janelas se escancararam para a morena. Renata competiu em diversos países e conquistou vários títulos, ganhando assim, seu espaço como fisiculturista. 

BATE-BOLA E CURIOSIDADES

Como foi começar a vida fitness? Você treina desde quando? Sempre comeu coisas saudáveis ou teve que se adaptar a uma nova alimentação?

"Eu treino musculação desde 2003. Eu comecei a musculação porque era a única alternativa viável na época da faculdade. Eu fazia engenharia química que era integral e eu trabalhava. Acabei me apaixonando pelos pesos. De lá para cá nunca parei de treinar, faz parte da minha vida em todos os momentos. Eu me aprofundei no esporte em 2009, após um divórcio. Foi um momento muito difícil e mergulhei no esporte. Para melhorar o desempenho, você precisa focar muito em alimentação e permear outros pilares da musculação. Além da dieta, tem muita ligação com descanso, hidratação, recuperação muscular e assim e fui me aproximando de profissionais que me acompanharam ao longo desses anos. Fui estudando e me aprofundando, até que muitos anos depois eu percebi que já levava uma vida de atleta profissional, só faltava competir. Decidi competir no WBFF e fiz toda minha carreira no fisiculturismo. Competi em vários países, conquistei vários títulos".

Quantas vezes na semana você treina? Tem algum dia que 'sai' da dieta?

"Em épocas normais eu treino cinco vezes por semana de segunda a sexta-feira. Quando vou competir eu treino todos os dias, e as vezes até duas ou três vezes por dia. Depende da competição, do objetivo, do estagio do meu corpo. Assim como rainha de bateria eu intensifico para desfile e faço uma rotina semelhante. Se não for competição, ou carnaval, se não tiver nenhum evento que preciso manter, eu saio da dieta sem culpa".

Como é o seu cardápio durante a semana?

"Nessa quarentena, estou na dieta cetogênica, comendo mais proteínas e gorduras. É uma dieta que meu corpo responde super bem e não tenho que controlar tanto as calorias. Hoje já me conheço bastante, o que ajuda na decisão. De manhã como ovos mexidos com queijo, na hora do almoço eu vario bastante o tipo de carne, faço muito filé de frango. No lanche da tarde como dois ovos cozidos e no jantar vou mais para as proteínas também. Tenho abusado do queijos que eu adoro, os queijos amarelos e tomo bastante café".

Apesar das refeições praticamente iguais, a escritora busca sempre novas alternativas de dietas e alimentos:

"Eu estou sempre me adaptando a uma nova alimentação. Quem compete no fisiculturismo, eu até tenho um artigo no meu blog que brinco de 'Meu corpo meu laboratório', gosto de testar, gosto de entender. Toda vez que sai uma dieta da moda eu pesquiso, e aquilo que me interessa, se vale a pena eu testo, ali eu vivencio aquela oportunidade de executar. Eu vivo me adaptando a uma nova alimentação, acho isso bem positivo, o organismo responde bem e se beneficia. E eu me desafio a preparar novas refeições. Eu gosto de ir para a cozinha e gosto de me aventurar".

Qual dica/conselho você dá para as mulheres que querem engrenar na vida fitness e emagrecer na quarentena?

"A quarentena é uma grande oportunidade para quem reclama que não tem tempo. Acho que todos temos um pouco mais de tempo, pelo fato de estarmos em casa e mesmo quem trabalha, acaba economizando o tempo de estar no transito. É o momento para se organizar e colocar em prática . O que sempre digo para motivar as pessoas é que temos que ter um proposito por trás de tudo o que fazemos em nossa vida. Se alguém esta querendo entrar na vida fitness, é porque ela já encontrou um proposito. Ela já tem algo que quer modificar, seja na qualidade de vida, na disposição, seja na estética e provavelmente aquilo é uma dor. E se é uma dor eu acho precisamos trabalhar para curar. Alimentação muita das vezes é fuga. Sempre digo que é impossível a pessoa não gostar de praticar algum esporte, pois existem centenas de esportes, que vão desde os mais radicais aos mais emotivos, como uma dança. A própria dança tem milhares de modalidades. A pessoa precisa encontrar um esporte que gosta, porque o movimento do corpo é importante para a qualidade de vida, para a saúde. E ter uma alimentação saudável é estilo de vida. É claro que vamos melhorar a auto-estima, mas melhora tudo. Estamos enfrentando uma pandemia e se o sistema imunológico estiver bom, com a barreira natural do nosso corpo preparado para tudo isso é ótimo. Sem falar de qualidade emocional, de sono, nas relações, tudo isso reflete na vida como um todo. Então não tem nada mais motivacional que isso e para chamar alguém para iniciar nessa vida, nessa jornada".

Gostaram, meninas? Agora, não há mais desculpas para quem quer mudar a alimentação e iniciar uma rotina de exercícios durante a quarentena!

Inspire-se em Renata Spallicci!

Veja fotos da blogeira:

Renata Spallicci perde 6kg durante a quarentena
J. Domingos

 

Renata Spallicci perde 6kg durante a quarentena
J. Domingos

 

Renata Spallicci perde 6kg durante a quarentena
J. Domingos

 

 

 

 

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI