Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Saúde e Bem Estar » Veganismo

Vegana há 3 anos, Sônia Abrão abre o jogo sobre processo de transição e declara: "Nunca pensei em desistir"

Em uma entrevista exclusiva, a apresentadora contou alguns detalhes sobre a mudança para esse estilo de vida

Gabriele Salyna e Marina Pastorelli Publicado em 30/06/2020, às 17h00 - Atualizado em 01/07/2020, às 10h28

Sônia Abrão fala sobre veganismo e processo de transição
Sônia Abrão fala sobre veganismo e processo de transição - Divulgação

O veganismo está se tornando cada vez mais presente na sociedade brasileira. De acordo com um estudo apresentado pelo IBOPE, cerca de 7 milhões de pessoas estão nesta categoria no país. 

Sônia Abrão é uma das personalidades presente neste número. A apresentadora está há alguns anos neste novo estilo de vida e contou como foi o processo para essa transição. 

Em uma conversa exclusiva com a Máxima Digital, a estrela das telinhas no período da tarde abriu o jogo e revelou detalhes sobre seu estilo de vida. 

MÁXIMA DIGITAL: Por que e quando você se tornou vegana, Sônia? De onde surgiu esse desejo (ou necessidade?) Foi por recomendação de saúde ou pelo direito dos animais?

SÔNIA ABRÃO:Me tornei vegana há três anos, já tô indo para quatro! E foi mesmo por amor aos animais! De repente, acordei para a trágica realidade da vida e morte deles e não quis mais saber de crueldade no meu prato!

MÁXIMA: Essa mudança de alimentação teve auxílio de médicos e nutricionistas? No começo, houve algum desconforto, falta de nutrientes na dieta, saudade de algum alimento, ou algo assim, que te fez pensar em desistir da decisão?

SÔNIA: Tive problema sim nessa mudança, porque parei de repente, não fiz a transição e meu corpo sentiu o baque! Fiquei fraca e procurei ajuda médica! Aí, foi só seguir a orientação nutricional e deu tudo certo! Hoje estou ótima! Quem quiser partir para o vegetarianismo ou se tornar vegano, o melhor é ir por etapas, para o organismo ter tempo de se adaptar.

Nunca pensei em desistir, não sinto falta de nada, não tenho vontade! Para mim, é um caminho sem volta! Nem lembro mais qual é o gosto de um bife!

MÁXIMA: A pergunta que não quer calar: veganismo emagrece? Desde que você assumiu esse novo estilo de vida, você perdeu alguns kg, certo?

SÔNIA:Muita gente, na verdade, engorda, porque substitui a carne por mais carboidratos. No meu caso, o efeito colateral foi ao contrário, comecei a emagrecer naturalmente e nesses 3 anos já perdi uns 10 kg.

MÁXIMA: E além das mudanças físicas, deu para notar alguma mudança nos exames médicos, na disposição para exercícios físicos, etc? Conta para gente!

SÔNIA: Mais do que fisicamente, mudei emocional e espiritualmente! Tudo se encaixou dentro de mim, porque vivia em conflito, morria de pena dos animais, mas não conseguia parar de comer carne! Até que dei um basta, descobri novos sabores, tive mais energia, agora me alimento sem culpa e vivo em harmonia comigo mesma! Os exames vão bem, obrigada! Mas, fico devendo os exercícios! Detesto malhar (risos)!

MÁXIMA: Sua rotina de trabalho continuou praticamente a mesma durante o isolamento social, não é? Mas durante essa quarentena, você chegou a se aventurar na cozinha tentando fazer alguma receita vegana gostosinha? Se sim, qual foi a sua preferida?

SÔNIA:Não sou muito de cozinha, não! Mas como todo mundo está se entendendo com as panelas nessa pandemia, resolvi tentar! Fiz uma receitinha de guacamole - purezinho de abacate (ou avocado) temperado com sal, limão, azeite, pimenta-do-reino, coentro ou salsinha, misturado a um tomate, sem sementes e picado em cubinhos - que deu super certo! Fácil demais, né?

MÁXIMA: Por fim, só para abordarmos mais esse assunto de pandemia, tão importante: como foram os últimos meses para você? O que você fez para ficar sã (principalmente da mente) nesse isolamento social?

SÔNIA:Como continuo com minha rotina de trabalho, isso ajuda muito! Me informo de tudo sobre a pandemia, até por força da minha profissão, mas sempre acreditando que tudo isso vai passar e que sairemos dessa tragédia melhores como seres humanos e com uma lista imensa dos erros que cometemos e precisamos corrigir nesse mundo! Também faço a minha parte: uso máscara, estou viciada em álcool em gel para tudo, e fico em casa o tempo todo, antes e depois do trabalho!

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI